Boa Cerveja-Feira #178…. Mulata

Por | 28 de julho de 2017

Esta semana vamos realizar uma dobradinha e trazer mais uma cerveja da Novo Brazil, a Mulata.

Como falamos na semana anterior no post da cerveja Chula Pils esta é mais uma cerveja produzida pela Novo Brazil.

Nos comentários da Chula levantamos se a Nova Brazil estava ou não no pacote quando a Ambev adquiriu a Wäls, e pelo que vi esta empresa ficou de fora da compra, continuando independente.

A Wäls foi adquirida em março de 2015, já a Nova Brazil inaugurou pouco depois desta data pois já estava praticamente pronta para operar antes mesmo da aquisição da Wäls.

Além dos ex-sócios da Wäls a Nova Brazil conta com Volmir Gava, da Egisa (produtora de equipamentos para produção de cerveja) e Morise Gusmão, brasileiro que mora em San Diego e é o responsável pela administração da empresa.

Então podemos ver que o pessoal da Wäls vendeu uma cervejaria, mas já tinham uma outra na manga para poder realizar as mesmas receitas e iniciativas artesanais que faziam por aqui, tanto que encontramos vários comentários de brasileiros que visitaram a cervejaria e dizem que a Nova Brazil Quadrupel é muito parecida com a Wäls Quadrupel e que a Corvo Negro é muito semelhante a Petroleum, seria apenas uma mera coincidência?

Mulata

Dados Técnicos:

Cerveja: Mulata
Estilo: Amber Ale
Teor: 5,2%
País de origem: EUA
Embalagem: 473 ml
Nota: 3,50

Quando servimos a Mulata vemos uma cerveja castanha e cristalina com espuma levemente bege, densa e de ótima formação e persistência.

O aroma se destaca pelo malte evidente trazendo notas de caramelo, toffe, além da percepção herbal do lúpulo, em segundo plano temos notas de pão australiano.

Quando provamos a Mulata vemos que trata de uma cerveja de corpo e carbonatação médias, enquanto que no paladar encontramos notas de caramelo e herbal bastante evidentes, sendo seguidas por notas toffe, suave torrefação, pão preto e suave amargor com final seco.

O aftertaste é marcado pelas notas de caramelo, açúcar queimado e herbal, bastante limpo e fresco.

A Mulata se apresenta como uma cerveja saborosa com equilíbrio entre as notas mais doces de caramelo e toffe e o amargor herbal, com final seco e limpo.

Este cerveja tem várias notas que podem ser usadas para  montar uma harmonização, e como a cerveja é produzida por uma cervejaria norte americana com alma brasileira, vamos nos aproveitar de uma mescla de pratos típicos tanto dos EUA quanto do Brasil.

Para a harmonização eu preparei uma barca de picanha fatiada gratinada com mozarela e gorgonzola, misturando conceito de lanche comum aos EUA e usando a picanha que tanto gostamos em terras tupiniquins. A harmonização vai buscar destacar o sabor da carne com as notas mais herbais e carameladas da cerveja, além de cortarmos um pouco o salgado do queijo com o dulçor da cerveja.

Prost!

Fabrizio Guzzon

4 comentários para “Boa Cerveja-Feira #178…. Mulata

  1. Anselmo Mendo

    E aí Guzzon, tudo bem?
    No 3,5, baixo pro seus padrões 😀 , o que o fez dar essa nota? Quando na época eles disseram que iriam para os USAs porque era mais barato produzir lá e depois importar, achei estranho. Mesmo assim imaginei que iríamos encontrar as cervejas deles facilmente por aqui, como às Wäls, mas isso nunca aconteceu. Hoje já imagino que esse negócio deles abrirem lá e não aqui deve fazer parte de alguma imposição contratual da AMBEV. Será?
    Essa barca de picanha tá lindona!
    Abs.

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Anselmo,

      Achei ela um pouco acima da média, mas não é uma cerveja marcante… achei ela uma boa Amber mas talvez falte um pouco de personalidade para te fazer querer provar novamente. Diferente da Chula, que é uma Pils que tem bastante personalidade e te faz querer revisitar a cerveja.

      Eu acho que o plano deles era usar a Wäls como canal para distribuir as cervejas produzidas pela Novo Brazil, mas como eles não tem mais este acesso, acho que acabou ficando restrito aos EUA inicialmente. Mas pelo visto eles fecharam uma parceria com o pessoal da WBeer…. e é provavel que eles atuem como importadores das brejas deles agora…. vi que eles lançaram a umas duas semanas atras a “Pool Party Haze”, uma IPA. Vamos ver quanto tempo demora para aparecer por aqui.

      Mas não acho que tenha alguma restrição da Ambev na venda das cervejas…. creio que é muito por conta da importação mesmo.

      Abç
      Guzzon

      Responder
  2. Daniel Córdova

    Fala Guzzon!
    Devo dizer que me interessei mais pela harmonização do que pela cerveja. Deve ter ficado um espetáculo essas barcas.
    Abraço!

    Responder
    1. Fabrizio Guzzon Autor

      Grande Daniel,

      A harmonização ficou boa…. fiz a picanha na brasa no domingo, servi uma parte e fatiei fino a ponta da picanha e deixei dois dias marinando no próprio suco da carne com cheiro verde e um pouco de vinho…

      Depois fiz no forno para poder gratinar o queijo, valeu a pena.

      Abç
      Guzzon

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*